Contatos - Redes Sociais 

E-mail

ícone_do_Facebook.png
fb944c570182b6e89eb21f41f8c4522b-instagr

CRITÉRIOS DE ADOÇÃO

1 - Ser maior de 18 anos;

2- Trazer CÓPIA do comprovante de residência do último mês e em seu nome; (o original deverá ser apresentado para comprovação) tempo de residência: mínimo 12 meses.

3- Trazer CÓPIA de um documento pessoal de identificação; (o original deverá ser apresentado para comprovação).

 

4- Ser o responsável financeiro pela residência – caso o adotante não seja o responsável financeiro pela residência, o responsável (pai/mãe e responsável legal) deverá estar presente no ato da adoção e assinar o termo de adoção juntamente com o adotante como “anuente”.

 

5- NÃO SERÁ FEITA ADOÇÃO EM NOME DE “TERCEIROS”, ou seja, para outra pessoa que não esteja presente no local;

 

6- NÃO SERÃO FEITA ADOÇÃO PARA FORA DE VALINHOS E REGIÃO.

 

7- Não fazemos doação de animais de grande porte para serem cães de guarda e etc.;

 

8- ANTES DA ADOÇÃO SERÁ FEITA UMA ENTREVISTA para verificar se as condições do adotante são compatíveis com as necessidades e perfil o animal que ele está adotando (Entrevista com a família, breve histórico e estudo preliminar do perfil da dinâmica da família para adequação ao perfil do peludo a ser adotado). Os critérios para liberar a adoção são dos responsáveis pelo Projeto Vira Lata Vira Casa;

 

9- APÓS A ENTREVISTA SERÁ ASSINADO UM TERMO DE RESPONSABILIDADE onde o adotante toma ciência:

  • Do tempo de acompanhamento realizado pelos protetores após adoção (Acompanhamento por seis meses pós adoção, e se filhotes até sua castração e um ano de idade)

  • Entre outras coisas, se compromete a aceitar a visita dos integrantes do Projeto, onde serão verificadas as condições do animal. Lembramos que o Projeto se reserva no direito de agir e intervirem com rigor no pós adoção se necessário, ou seja, caso na visita os protetores constatem que o adotante não está dando sequência nos cuidados básicos referentes à promoção de qualidade de vida e saúde, previamente orientados, esse animal poderá ser retirado do local e colocado novamente para adoção. Ex: Quando se constata que o animal está cheio de carrapatos e pulgas, que as vacinas regulares não estão em dia, castração não realizada no tempo determinado ou que foi colocado para dormir no quintal da casa sem condições de abrigo adequadas para sua proteção, quando está abaixo do peso necessário para o seu porte e idade, passa horas trancado ou amarrados em locais sem muita mobilidade, etc.

 

10- A família e o tutor tem que ter ciência de que A POSSE RESPONSÁVEL deste novo membro implica:

  • Em entender que um animal doméstico (cão ou gato) VIVE EM MÉDIA 15 ANOS e em alguns casos muito mais que isso, portanto tenha em mente que você terá responsabilidade durante todo esse período de tempo;

  • Em impactos financeiros, uma vez que terão despesas mensais de alimentação e antiparasitários, cuidados veterinários anuais (vacinação) e outras devido à intercorrências inesperadas;

  • Em mudanças na sua rotina, em entender que este novo membro da família é uma vida e precisa estar incluso nos planos para todas as situações rotineiras, imprevistos, doenças, férias, viagens, mudanças, nascimento de filhos etc. ANIMAIS NÃO SÃO DESCARTÁVEIS;

  • Em ter paciência e entender que este ser é uma espécie diferente da sua e traz consigo especificidades e necessidades particulares, em desprendimento do seu tempo e do seu espaço. Ex: Os cães latem, choram, mordem e destroem coisas, cavam, precisam de exercícios constantes, etc... e os gatos miam, também precisam de estímulos, sobem e arranham móveis e como são animais noturnos, costumam a perambular pela casa à noite. NÃO SE ESQUEÇA DESSES DETALHES IMPORTANTES!

 

Se você não estiver preparado ou não tiver planos familiares e econômicos para receber ESTA NOVA VIDA, NÃO O ADOTE!

Observações importantes:

Salientamos que o Projeto VIRA-LATA VIRA CASA abre as portas para receber as protetoras independentes e ONGs, em seus eventos, propiciando as adoções de seus animais resgatados, PORÉM, NÃO SE RESPONSABILIZARÁ PELOS CRITÉRIOS UTILIZADOS NAS TRIAGENS E NEM PELOS ANIMAIS POR ELAS DOADOS.

Aos novos tutores, solicitem identificação das Ongs, endereços e telefones das protetoras responsáveis por elas, além do cartão de vacinação do ser adotado.

Respeito e amor mútuo à todos! Venham entrelaçar suas mãos com as nossas!